Institucional    Alunos    Vestibular    Biblioteca    Convênio com Empresas    Ouvidoria    Fale conosco Home Graduação    Graduação Tecnológica    Pós-Graduação    Portal dos Ex-Alunos    Portifólio Atividades Estruturadas

 
 
 
Sobre o curso

Perfil do egresso

Organização curricular

Estrutura curricular

Corpo docente

Graduação BACHARELADO EM ENFERMAGEM

A Faculdade de Goiás - FAGO - com sede e foro em Goiânia, estado de Goiás, reúne cursos de educação superior, mantidos pela Sociedade de Ensino Superior Centro-Norte Sociedade Civil sem fins lucrativos, com seu estatuto registrado sob o nº 485.189, em de 28 de Novembro de 2001
A Faculdade de Goiás, no seu processo de implantação, assume a criação do curso de graduação em Enfermagem, com a finalidade de formar o cidadão e o profissional, competentes, reflexivos e éticos, capazes de se transformar, redimensionar a sua prática cotidiana, contribuir para a solução dos problemas de saúde e para a transformação da sociedade.


Situação Legal do Curso:


Curso autorizado pelo MEC: PUBLICADO NO DOU 14 DE FEVEREIRO DE 2006, PORTARIA No- 500, DE 10 DE FEVEREIRP DE 2006.
Concepção


A proposta pedagógica do curso foi elaborada com base em muita reflexão, estudos e discussões em grupo para direcionar a formação do enfermeiro do terceiro milênio: um profissional capaz de vencer os desafios de um mundo globalizado, com mudanças rápidas e que exigem uma leitura compreensiva de seu dinamismo; para que as tomadas de decisão caminhem paralelas a elas e dêem conta de respostas imediatas e de qualidade, oferecendo subsídios para articular as diferentes intervenções que se fizerem necessárias, seja nos aspectos micro seja nos macroinstitucionais.
A reorientação das políticas de saúde, calcadas nas diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS – uma nova formulação política e organizacional para o reordenamento dos serviços e ações de saúde), foi transformada, na Constituição Federal de 1988, em direito à saúde, o que significa que cada um e todos os brasileiros devem usufruir essas políticas públicas – econômicas e sociais – que reduzam riscos e agravos à saúde. Esse direito significa, igualmente, o acesso universal (para todos) e equânime (com justa igualdade) a serviços e ações de promoção, proteção e recuperação da saúde (atendimento integral).
Para atender a essa realidade, oferece-se um curso comprometido com a compreensão do homem em sua integralidade e complexidade.


Objetivos do curso


Geral


Formar profissionais comprometidos com o atendimento à população, conscientes da ciência e da arte do cuidar como instrumento de sua atuação profissional e garantia à integridade de assistência, esta compreendida como um conjunto articulado e contínuo de serviços preventivos, curativos, individuais e coletivos no contexto das políticas sociais.


Específicos


Formar profissionais enfermeiros para atuarem no campo das práticas de saúde da população, com conhecimentos crítico e ético da sua função social para a compreensão dos diferentes conceitos de enfermagem, ciência, técnica e prática social.
Desenvolver programas de educação para a saúde e de investigação científica para a produção de conhecimentos.
Desenvolver aptidão para assumir posições de liderança, sempre tendo em vista o bem-estar da comunidade.
Promover estilo de vida saudável, sabendo conciliar as necessidades dos seus clientes/pacientes, como agente de transformação social.
Prestar cuidados de enfermagem compatíveis com as características da equipe multidisciplinar, de acordo com as demandas dos usuários.
Usar os princípios da Ética e da Bioética no gerenciamento do processo de trabalho em enfermagem, conscientes da responsabilidade que têm na atenção à saúde que não se encerra com o ato técnico, mas na resolução do problema de saúde, tanto individual como coletivamente.
Estabelecer relações no contexto social, reconhecendo a estrutura e as formas da organização social de Goiânia, do Estado e seu entorno.
Reconhecer as carências constatadas no campo social, especialmente nos setores de educação e saúde do Estado e seus municípios.
Desenvolver, participar e aplicar pesquisas que objetivem a qualificação profissional.
Responder às especialidades regionais de saúde, através de intervenções planejadas estrategicamente, para promoção, proteção, prevenção e reabilitação à saúde, prestando atenção integral aos indivíduos, às famílias e à comunidade.


Regime escolar


O curso de graduação em Enfermagem será realizado em forma de sistema de crédito/semestral, sendo no mínimo oito semestres (quatro anos) ou no máximo doze semestres (seis anos) para um total de 3.600 horas/180 créditos.


Vagas


O curso de graduação em Enfermagem oferece 200 vagas totais anuais, sendo 100 vagas para cada semestre letivo.



Turno de funcionamento


O curso será oferecido majoritariamente durante o período diurno, com duas turmas. Para a turma do período matutino, com 50 alunos, serão oferecidas aulas teórico-práticas e estágios supervisionados durante o período diurno. Para a turma do período noturno, com 50 alunos, serão oferecidas aulas teórico-práticas em laboratórios durante o mesmo período e as atividades clínico-terapêuticas, ou seja, o ensino clínico e estágios supervisionados no período diurno.


Processo Seletivo

O processo seletivo abrange os conhecimentos comuns às diversas áreas do ensino médio, sem ultrapassar esse nível de complexidade. As inscrições serão abertas em edital no qual constarão as normas do processo seletivo.
volta topo



copyright © Faculdade Estácio de Sá de Goiás – FESGO
Tel.: (62) 3601-4900 E-mail: estacio@go.estacio.br